sábado, 26 de maio de 2018

Ed Wood, o filme & Ed Wood minibiografia & curiosidades



Diretor Tim Burton 1994
Johhy Depp como Ed Wood


Clique aqui, filme dublado em português
 https://www.youtube.com/watch?v=-WqNjBm_5Pkhttps://www.youtube.com/watch?v=-WqNjBm_5Pk


"Um retrato exótico da vida de Ed Wood (Johnny Depp). Focando os relatos nos anos 50, quando o diretor se envolveu com um bando de atores desajustados, incluindo um Bela Lugosi (Martin Landau) em fim de carreira. Durante esta época, ele produziu filmes de péssima qualidade, que o fizeram passar para a história como o pior diretor de todos os tempos."

*****************************

Da Wikipedia:
Edward Davis Wood, Jr. (10 de outubro de 1924-10 de dezembro de 1978   foi um produtor e diretor americano de filmes de terror, ficçao científica e eróticos. . Seus trabalhos se destacaram pela inventividade frente aos limitados recursos técnicos e orçamentários dos quais dispunha. Com  efeitos especiais   considerados um tanto quanto duvidosos no que diz respeito à qualidade, tinha cenas muitas vezes apresentadas de forma descontínua, com reaproveitamento constante de material não utilizado em outras produções.
O que de certa forma evidencia que para este diretor a principal  liguagem era a imagética e não a linearidade do assunto em questão, o que acabava por gerar, segundo muitos especialistas do gênero, planos peliculares sem um sequenciamento cronológico padrão e tramas que seguiam este mesmo molde. Wood foi responsável pelos últimos filmes de  Bela Lugosi o célebre intérprete do Conde  Drácula, de quem o diretor era grande admirador.
Ed Wood foi considerado por muitos  críticos " o pior cineasta" de todos os tempos e do planeta inteiro. Apesar do descrédito por parte dos críticos de cinema, seus filmes acabam por manter um certo ar  humorístico, contando hoje em dia com uma legião de fãs.

Cena de Plan 9 from Outer Space com o ator  Tor Johnson, com a expressão facial que se tornou conhecida como máscara de Halloween.

O filme de maior sucesso de Ed Wood foi filmado em 1956 sob o título original de Plan 9 From Outer Space (Plano 9 do Espaço Sideral). Muitos adoradores do cinema trash o celebram como um clássico cult Na época de seu lançamento, no ano de 1959, Plano 9 do Espaço Sideral foi considerado o pior filme de todos os tempos.
Ed Wood costumava trabalhar com os atores caricatos como Tor Johnson (ex-lutador de luta livre sueco, cuja face se tornou uma máscara popular nas festas de Halloween) e o místico Criswell. Wood tinha obsessão por Maila Nurmi , atriz finlandesa que usava o nome de Vampira em um programa de TV que apresentava. Wood escreveu vários papéis para ela, mas Maila só aceitou filmar "Plan 9 From Outer Space". E mesmo assim, sem falas, conforme se viu no
filme  de Tim Burton de 1994 sobre o diretor.

*****************************



Do site francês www.nanarland.com, '
"o site dos maus filmes simpáticos"

 Ed Wood começou a trabalhar em estúdios  depois da 2a guerra mundial guerra, onde -aliás-  distinguiu-se como um pára-quedista  no Pacífico ( com dois ferimentos e uma medalha por bravura no currículo), já admitindo vestindo roupas íntimas femininas sob seu uniforme.  
Nos anos 50 anos, começou a ser notado no ambiente de Hollywood com filmes curtos e artesanais,westerns c  peças teatrais.  

Um verdadeiro showman,  se autodefinia escritor-diretor-produtor, como Orson Welles, seu ídolo. E bateu em todas as portas de estúdios procurando financiar seus projetos.Um produtor pobre lhe confia a realização da biografia de um transexual.  
O orçamento era ridículo (ele nem tinha autorizaçao para filmar em Los Angeles e precisava correr quando a polícia chegava,)mas participou de corpo e alma a que se tornaria sua primeira obra "oficial":
 "Glen ou Glenda", transformando o personagem em um heterossexual apaixonado por roupas femininas, um papel que ele .obviamente ,interpretou.  
Este filme ,tão importante para Wood, foi também o momento em que conheceu aquele que se tornará seu ator favorito: Bela Lugosi.
**
 


Lugosi era uma estrela ...  vinte anos atrás
 Marcado para  sempre  pelo papel de vampiro, o velho ator húngaro nao encontrava nenhum papel  pois o medo de que os antigos monstros góticos da Universal.voltassem.

 Arruinado, viciado em morfina, ele é reduzido a nada em seus últimos papéis, participando de comédias pesadas no estilo Abbott e Costello.  
A conselho de sua ex-esposa,  concorda  em aparecer neste filme,preocupado com o roteiro . Wood  o tranquiliza, colocando-o num cenário  gótico e lhe dá o papel de narrador.  
Uma verdadeira amizade começa entre os dois homens. 
Já que Glen ou Glenda  foi um desastre nas bilheterias, Ed retorna ao seu primeiro amor: o western. Tenta a sorte como roteirista e produtor de uma série para a televisão contando as aventuras de Tucson Kid, um investigador de uma companhia de seguros no oeste selvagem.  
O projeto falha após dois episódios.  

Ed o converteu então no filme  "The Jail Bait", para  Sam Arkoff, um dos grandes produtores de filmes B de baixo orçamento da época.  
O papel do bravo inspetor é ocupado por um jovem fisiculturista desconhecido: Steeve Reeves!  
O mesmo Steve Reeves, que vai ter fama e glória no papel de Hercules nos anos 60 ,na Itália.  
O filme, nunca lançado na França, infelizmente tem a reputação de ser profundamente entediante.Wood então embarca no que será sua trilogia do pior do terror. Buscando financiar um grande filme de fantasia estrelado por Lugosi, ele bate em todas as portas concebíveis, organizando coquetéis com potenciais financiadores,  mas é recusa depois de recusa.
 Parece que este também é o momento em que ele começa a ficar cada vez mais focado na bebida para compensar seus repetidos fracassos.  

Ele finalmente acaba recebendo dinheiro ... de um açougueiro! Únicos requisitos  do investidor :que o filme tenha uma explosão atômica e que o filho do diretor do matadouro, que nunca fez cinema, tenha o papel do protagonista ... 
De qualquer forma, ele já  havia oferecido o papel de heroína para uma jovem atriz inexperiente que também investiu suas parcas economias no filme, o que lhe custou  fim do casamento com Dolores Fuller, sua segunda esposa, que seria a estrela, inicialmente. 

Ed Wood se lança nas filmagens de A Noiva do Monstro. Seu método de trabalho é particularmente assustador: Lobo (Tor Johnson, um lutador que interpreta o monstro) sacudiu as paredes de papelão do laboratório passando por uma porta ,Lugosi se atrapalha os diálogos  e ,na cena final, o cientista louco interpretado por Lugosi é devorado por seu polvo mutante. 
 Tendo polvo mecânico  sido usado para um filme  mais rico ( "O Despertar da Bruxa Vermelha", com John Wayne), percebem depois que  se esqueceram de levar motor que movimenta  a fera.

******************* 

Nenhum comentário:

Postar um comentário