quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Madame de Staël e Madame Récamier

Castelo de Coppet ,no cantão de Vaud,Suíça. Foi a casa de Suzanne Curchol, mãe de Madame de Staél  .

Anne-Louise Germaine Necker, baronesa de Staël-Holstein
1766 - 1817

Madame Récamier em óleo de Jacques Louis David,pintado em 1800 e exposto no Louvre





Jeanne Françoise Julie Adélaïde Bernard, Madame Récamier, 1777- 1849
 Amizade Romântica nos tempos de Napoleão



Relações íntimas,documentadas por numerosa correspondência entre mulheres, estavam na moda do XVII ao século XIX.
A expressão do amor apaixonado de uma mulher para outra era aceita e até encorajada.

Estas relações foram chamados de "amizades românticas" e aconteceram nos Estados Unidos e Europa, especialmente na Inglaterra. O aspecto sexual era deixado de lado pela sociedade- que fazia vista grossa.
Duas mulheres poderiam estabelecer laços fortes e continuariam a ser consideradas virtuosas,inocentes e castas.Uma relação assim com homem acabaria com suas reputações. 
Amizades românticas eram alternativas ao casamento,muitas vezes de conveniência e com homens muito,muito mais velhos.  
********

A  Wikipedia nos mostra que:

Napoleão Bonaparte
"A sociedade francesa estava passando por um momento tenso com  os  processos revolucionários    ocorridos no país, de um lado com a burguesia insatisfeita com os jacobinos, formados por revolucionários radicais, e do outro lado as tradicionais monarquias européias, que temiam que os ideais revolucionários franceses se difundissem por seus reinos.
O fim do processo revolucionário na França, com o Golpe 18 Brumário  marcou o início de um novo período na história francesa e, consequentemente, da Europa: a Era Napoleônica.
Pode-se dividir seu governo em três partes:

  • Consulado 1799-1804 
  • Império 1804-1815  
  • Governo dos Cem Dias  1815 
O governo do diretório foi derrubado na França sob o comando de Napoleão Bonaparte, que, junto com os girondinos(alta burguesia), instituiu o  consulado, primeira fase do governo de Napoleão. 
Este golpe ficou conhecido como Golpe 18 Brumário (data que corresponde ao calendário estabelecido pela Revolução Francesa e   equivale ao 9 de novembro   do calendário gregoriano) em 1799
 Muitos historiadores alegam que Napoleão fez questão de evitar que camadas inferiores da população subissem ao poder"

******************
 Salões Literários

  

Um salão literário (salon littéraire séc 18-foto  )é  o local onde homens e mulheres de bom nível de erudição se encontram para debater assuntos relativos  a filosofia, literatura,conduta moral e em, nossos dias,os acontecimentos e progressos sociais e científicos que nos chegam de forma muito rápida devido à globalização.   

Estes encontros se realizavam na França dos séculos 17 e 18 num "salão",geralmente em cômodo espaçoso na casa da anfitriã ou anfitrião.Tanto Madame Récamier como Madame de Staël  recebiam, em suas casas, a intelligentsia da época.
  
A prática continua nos dias de hoje,em centros culturais ou,ainda, em espaços particulares (residências, clubes,etc) 

********
  Madame Récamier
 

*Jeanne Françoise Adélaïde Julie Bernard, mais conhecida como Juliette Récamier,nasceu em  4 de dezembro de 1777 em Lyon.
 

*Casada com Jacques Rose Récamier, um banqueiro quinze anos mais velho.

*Seu salão em Paris foi um importante ponto de encontro da alta sociedade e reuniu críticos opositores de Napoleão:Madame de Staël, amiga íntima,  Benjamin Constant, François-René de Chateaubriand e os generais Moreau e Bernadotte. 

*Deixou extensa correspondência com personalidades importantes de seu círculo.
  *Foi banida de Paris em 1811 e,depois da queda de Napoleãso, reabriu seu salão em 1814.
 

*Em seu tempo Juliette Récamier ficou conhecida como uma das mulheres mais bonitas do mundo e foi pintada por artistas famosos como Jacques-Louis David, que  a imortalizou em uma Récamière, peça  no estilo de sofá que entrou para a história das artes e do mobiliário.  

*Morreu  aos 72 anos vítima  de cólera em 11 de maio de 1849. O corpo foi enterrado no cemitério de Montmartre.

******

Madame de Staël

*A Baronesa Anne Louise Germaine de Staël-Holstein - Madame de Staël - nasceu em 22 de abril de1766,em Paris.Filha do suíço Jacques Necker, o banqueiro e ministro das finanças de Luis XVI  e de Suzanne Curchol, escritora.   

*Desde criança se familiarizou com a presença de literatos e intelectuais que frequentavam o salão de sua mãe. 
Gostava de discutir política e literatura e de estar cercada de gente interessante

*Escritora, filósofa,política e crítica literária.

 * 1786- Casamento de conveniência com Erik Magnus Staël von Holstein que terminou em 1797,com separação formal,três filhos. 

* Enquanto casada com diplomata,o status do marido a protegeu,mas   era considerada  inimiga pessoal de Napoleão. 
Com o amante Benjamin Constant,organizou uma resistência e Napoleão a baniu em 1803 para 64 km fora de Paris.

*Em 1810, publicou "De l'Allemagne" (Sobre a Alemanha),que define a imagem da Alemanha no mundo até hoje. 

*1814-Regressou a Paris,mas a queda de Napoleeão não trouxe liberdade para a França.Juliette fugiu para Coppet,na Suíça-que foi moradia de sua mãe- durante a  Guerra dos Cem Dias e,depois, viajou para a Itália,onde se fixou.  

*Em 1816, ela voltou a passar o verão em Coppet, onde foi acompanhada pelo amigo Byron.

*A saúde  estava em declínio.  
Voltou a Paris,manteve seu salão durante  seis meses mas,extremamente debilitada,ali morreu em  14 de julho  de 1817.

*********************************************************** 


 












 

Nenhum comentário:

Postar um comentário