quinta-feira, 21 de julho de 2016

Frances Hodgkins- (mais uma) herdeira artística de Matisse

                                       Frances  Hodgkins (1869-1947)

Nascida na Nova Zelândia,iniciou a carreira como  aquarelista,foi designer de tecidos e tornou-um dos principais expoentes do modernismo britânico. 

As obras do final da vida são as mais admiradas e é  considerada"herdeira"artística de Henri Matisse.

***********************

Frances Mary Hodgkins nasceu em Dunedin, Nova Zelândia, em 28 de Abril de 1869, a terceira dos filhos de  William Mathew Hodgkins e sua esposa australiana, Rachel Owen Parker. 
 Dunedin, onde Frances  viveu até os 31 anos , foi a cidade mais próspera e populosa da Nova Zelândia,com  vida artística muito ativa. 

Influência paterna

William Mathew Hodgkins,o pai, foi um dos fundadores em 1870 e  da Sociedade dos Artistas de Otago (mais tarde a Sociedade Art Otago) e ,em 1875,  participou da inauguração da Dunedin Public Art Gallery. 


Frances e sua irmã mais velha, Isabel, herdaram o talento do pai e cresceram num lar onde parte da vida familiar era dedicada `a pintura.A vida colonial modificou os padrões da sociedade vitoriana e deu às mulheres da classe média neozelandesa a oportunidade da realização nas artes,como professoras ou  profissionais.   As meninas da família,ao contrário dos irmãos, foram educadas em escolas particulares onde a música e pintura  também eram cultivadas.

  O talento de Frances foi inicialmente ofuscado pelas  realizações da irmã, que se juntou ao seu pai no trabalho, recebeu aulas dele e se tornou uma pintora de sucesso de  paisagens e natureza morta, ganhando o suficiente em 1888 para financiar um longo período sabático na Austrália. 

 1866-Demonstrando a independência que foi caractereitica marcante na vida e na arte,  Frances pintou apenas algumas paisagens da Nova Zelândia e  desenhos a carvão focados na figura humana 
Em 1890,começou a exibir em sociedades de arte em Christchurch e Dunedin. 'Menina que alimenta aves de capoeira »(1890) e" Retrato de Ethel McLaren' (1893) são os títulos típicos deste período inicial. 
Entre 1889 e  1897,retratou pessoas e atividades no ambiente semi-rural de Cranmore Lodge, a casa da família
******
No início de 1900,influenciada pelo impressionismo,produziu figuras femininas exaltando a maternidade e em momentos de lazer.
Partiu para uma longa viagem `a  França,onde conheceu a também artista Kate Dorothy Richmond e, dois anos depois, ambas retornaram `a Nova Zelândia e se radicaram em Wellington.
Davam aulas e exibiam seus trabalhos.
Durante a viagem de volta, Frances conheceu o jornalista inglêsThomas Wilby, com quem se correspondia.
Em 1904,Wilby a pediu em casamento, ela concordou.Mas o affair não foi longe.Em 1905,o compromisso foi desfeito.
Foi  a primeira e única vez que pensou em se casar.

Como outras mulheres talentosas de seu tempo,percebeu que casamento e maternidade não combinavam com carreira artística  e,a partir daí, passou a evitar relacionamentos com homens. 

Conversou com suas alunas sobre o fato do casamento ser um compromisso incompatível com trabalho profissional.  
Ao retornar à Europa em 1906,terminou a relação com Dorothy Richmond,o que lamentaria no futuro.
Passou a maior parte  do tempo de vida  na Europa, retornando à Nova Zelândia  apenas para algumas visitas.
 ****

Frances Hodgkins teve as primeiras lições de pintura a óleo em 1908,usando em seus quadros a densidade e a textura.
 Aos poucos,  o estilo impressionista e começou a integrar as tendências pós-impressionista : o cubismo e as  imagens decorativas de Matisse,  Entre 1928 e 1930, foi adicionando  um novo estilo ao seu repertório que se tornou   parte integrante de seu conjunto de obra: a paisagem still-life ( still-life =auto
"A filha do fazendeiro "

retrato com  arranjo decorativo dos pertences do artista)

Um biógrafo definiu este período como  "obras que apresentam abstração, undertones surrealistas, um tratamento à base de cor e lírico de forma, e uma investigação de ambiguidade espacial entre primeiro e segundo plano".Na  longa e profícua carreira artística ela  como aquarelista de província. 



Em contato com vários movimentos artísticos europeus seu trabalho ganhou identidade própria.
Continuou a pintar até os 70 anos, apesar dos sofrimentos causados por reumatismo e bronquiute.

Ao morrer em 1947 (aos 78 anos) em Dorchester, Dorset,era uma das  principais figuras do movimento moderno britânico 
Hoje,é considerada como a primeira mulher  artista da Nova Zelândia a ter uma reputação internacional significativa,  e suas obras são amplamente exibidas na Nova Zelândia, Austrália e galerias inglesas, incluindo a Tate.

******************************

Slideshow com 19 pinturas da artista 

http://www.bbc.co.uk/arts/yourpaintings/artists/frances-hodgkins

********************
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário